Cidade de Bananeiras

Valdir Santos é artista plástico e extensionista cultural da Universidade Federal da Paraíba

1 - Valdir conta para gente o processo de criação dos Diálogos da Criação - Festa das Artes?

A Coordenação de Extensão Cultural da UFPB/COEX, organizou em 2002, a primeira edição dos Diálogos da Criação, em João Pessoa, reunindo uma serie de debates,com alguns dos mais importantes artistas e profissionais da Paraíba, em 2003, realizamos a segunda edição no município de Cabaceiras, interiorizando nossas ações e acoplando varias oficinas de artes. A nossa inquietação era criar mecanismos de debates com os municípios paraibanos na área cultural, possibilitando o debate de questões relativas à cultura paraibana, não só o debate pelo debate, mas agregando outros valores, outros mecanismos, como oficinas de artes nas mais diversas áreas. Diante da necessidade, cada vez mais urgente, de conectar as atividades da COEX com as demandas provenientes da sociedade civil como um todo, estamos realizando a terceira edição no município de Bananeiras, fortalecendo o papel da Extensão Cultural da UFPB, como órgão de promoção da arte e da cultura enquanto instrumentos de promoção e inclusão social. Desde o inicio nesta terceira edição foi pensado sem duvida uma promoção da cultura paraibana, evidentemente tendo a Prefeitura Municipal de Bananeiras como parceira nesse empreendimento. Portanto, a idéia é construir, consolidar e promover uma identidade cultural paraibana em todos às suas expressões e potencialidades.

2 - O que você espera desse evento, que está sendo aguardado por todos com grande expectativa?

Esperamos promover a visibilidade dos mais significativos segmentos da produção artística e cultural do Estado da Paraíba, afirmar a relevância da diversidade cultural nas suas dimensões locais e populares como elemento de promoção social, desenvolvendo a consciência da importância do fazer cultural, além de promover e construir um evento que amplia os espaços para criatividade e experimentação, fazendo uma programação voltada a busca de alternativas, com enfoque para o novo, de forma que o evento seja reconhecido e projetado a partir de uma fisionomia de vanguarda. Acredito não ser grande o desafio de mobilizar a população em torno de atividades que valorizem a arte e cultura.

3 - Como se deu o processo de escolha das oficinas que estão calcadas mais em música, cinema e teatro?

O caráter do evento é privilegiar a formação e a reciclagem daqueles que direta ou indiretamente, estão envolvidos com a cultura, a interatividade deve ser a marca do “Diálogos da Criação – Festa das Artes”, nas apresentações, em locais fechados ou na rua, por essas razões é fundamental ouvir a população do município, e foi isso que fizemos, e com base nesta amostragem montamos inicialmente a proposta, posteriormente aprofundamos as discussões e percebemos a carência do município em outras áreas, e assim, chegamos a 25 (vinte e cinco), oficinas de arte e cultura nas mais diversas áreas.

4 - Quais os benefícios que um evento dessa envergadura deixam para o município?

O evento deverá servir como promotor de parcerias entre os artistas das mais diversas expressões artísticas, de modo que, a partir dele, se construam e disseminem as possibilidades de eventos conjuntos, onde um artista ou categoria artística ajuda a promover outro artista ou categoria artística menos reconhecida, valorizada ou popularizada. Além disso, deverá fomentar a criação de grupos de amigos da cultura paraibana, formado por pessoas, empresas e instituições diversas para promover, apoiar e patrocinar eventos comprometidos com a difusão de uma identidade cultural paraibana. O evento deverá deixar um canal especifico para manifestação da arte e da cultura paraibana. As atividades promovidas pela administração municipal irão ganhar fôlego e significado, permitindo que também na área cultural e artística as comunidades residentes em Bananeiras e entorno possam ser envolvidas num amplo programa de intercâmbio entre universidade e sociedade.

Cobertura
Patrocinio
Realização
Apoio Cultural
 
Todos os direitos reservados © escritalivre.com.br .
Desenvolvido por Diego Rodrigues