João Pessoa, 17-12-2017

São João na Paraíba


            A mais popular festa regional do Nordeste vai começar! Chega o mês de junho e com ele se começa a escutar os primeiros barulhos dos fogos de artifício; começa-se a enxergar também um colorido diferente em casas, escolas e outras entidades com a afixação de bandeirinhas e balões. Junte a isso a culinária, cujo principal ingrediente é o milho, o senhor rei da grande festa.

            Do litoral ao brejo, do cariri ao sertão, pouco importa a cidade, em quase todas elas vai se está comemorando as festas juninas. Com o mês de junho chegam Santo Antônio, São João e São Pedro e o clima no estado muda de vez. A Paraíba é, sem sombra de dúvida, o estado que mais comemora essas festas, muito embora também ostente o nada orgulhoso título de ser o estado que mais a descaracterizou!

            Além das programações oficiais nos municiípios, o que ainda chama a atenção são as festas nos bairros. Em João Pessoa é possível encontrar ainda fogueiras e festa na rua em bairros como Castelo Branco, Torre e Mangabeira. “Em nossa rua sempre tem festa, é tudo muito animado, várias casa ainda fazem fogueiras e viramos a noite escutando forró e comendo comidas de milho”, diz Fátima Melo, moradora do Castelo Branco.

            Nas cidades a festa já começou principalmente em Campina Grande, que define sua festa como o “Maior São João do Mundo”. Desde o dia 29 de maio, no Parque do Povo, os campinenses já comemoram a data e essa comemoração se estende até o dia 28 de junho! A programação é eclética e tem para todos os gostos. Para os mais exigentes tem Elba Ramalho (dia 23), Antônio Barros e Cecéu e Zé Ramalho (dia 26) e Dominguinhos (dia 28). Para a turma mais jovem, e que não faz muita questão de qualidade nas músicas, uma infinidade de grupos de forró de plástico”.

            João Pessoa começa seu período junino no dia 23 e se estende até o dia 28 de junho. Na programação da capital nota-se um maior número de grupos ou cantores que tocam o tradicional forró pé de serra. Na Praça Antenor Navarro e no largo da Igreja São Pedro Gonçalves vão desfilar atrações como Pinto do Acordeom e Jorge de Altinho (dia 23), Clã Brasil  e Antônio Barros e Cecéu (dia 24), Dejinha de Monteiro (dia 26) entre outras. Entretanto é possível também encontrar, durante todos os dias do evento, atrações bastantes populares como coco de roda, cavalo marinho e artistas menos conhecidos da mídia, vindos de vários bairros da cidade e de outras cidades como Conde, Monteiro, Bayeux e Zabelê. São atrações populares, que resgatam a verdadeira tradição das festas juninas.

            Já a cidade de Patos, que nos últimos anos vêm realizando um São João que atrai cada vez mais turistas, começa seus trabalhos no dia 19 de junho. Seguem a apresentação de vários grupos de forró estilizado e um leque variado de grupos populares, que incluem apresentação de quadrilhas juninas e de violeiros populares. O arraiá será montado no Terreirinho do Forró, que fica localizado na Praça Getúlio Vargas e a atração mais esperada é a dupla sertaneja Victor e Léo que se apresenta dia 25.

            Guarabira aposta no carisma do cantor Genival Lacerda para alavancar seu São João. Além dele, haverá também um festival de quadrilha junina e mais uma etapa do Sanfona Fest. Ambos os eventos têm repercussão em nível de Nordeste, pois dá oportunidade de se viver o verdadeiro forró pé de serra.

                        Da região do Cariri a cidade de Monteiro se destaca com seu São João também preocupado com as tradições locais. Funcionando desde o dia 1 de junho, a festa foi dividida em blocos e assim segue até o seu final na véspera de São Pedro. Entre os dias 17 e 28 a música toma conta da festa e vai animar os monteirenses com atrações como Flávio José, Pinto do Acordeom e Magníficos, entre diversas outras atrações.


Untitled Document

Escrita Livre © Todos os direitos reservados.