João Pessoa, 17-12-2017

Homem mais alto do Brasil é tema de documentário


            O homem mais alto do Brasil vai ganhar um vídeo documentário! Realizado como projeto de conclusão do curso de Comunicação Social, habilitação em Rádio e TV, por Mercicleide Ramos, o vídeo vai contar a vida de Joelison Fernandes da Silva, o Ninão, que aos 23 anos de idade mede 2.30 m de altura e é o segundo homem mais alto do mundo só perdendo para o chinês Bao Xishun, de 56 anos, que tem 2,36 m. O vídeo contará com depoimentos de familiares, amigos e vizinhos de Ninão.
                     

             “A proposta desse vídeo documentário, sobre o homem mais alto do Brasil, surgiu em 2007 e desde então venho pesquisando, coletando informações e acompanhando a história de Ninão através da mídia. A fase de pré produção foi de muita disciplina e pesquisa, visitei a cidade dele, conversei com amigos e familiares e pude constatar e até me surpreender com determinados aspectos da vida desse jovem paraibano”, diz Mercicleide.
                                         

            Mercicleide Ramos já participou de vários trabalhos audiovisuais, onde se destacam a direção de Também Sei Fazer Cinema e a produção de documentários como O Saco de Histórias e O Verdadeiro Artesão. Desenvolve, juntamente com a professora do Departamento de Comunicação da UFPB Nadja Carvalho, o projeto de pesquisa Mídias Moveis. Participa, como oficineira, dos projetos Paraíba Cine Senhor e Essa é Minha Escola, que acontecem desde 2007 em cidades paraibanas.

             A equipe do vídeo é composta por Luís Augusto, que faz a direção de fotografia e câmera, Davi Abraão que faz a produção, Niaranjan Do Ó, responsável pelo som e iluminação e Amara Alcântara, que realiza o still. A realização é da Universidade Federal da Paraíba, através do Departamento de Comunicação, contando ainda com o apoio da Prefeitura de Assunção e o apoio cultural da Empresa de Serviços Culturais e do grupo Castelo Audiovisual.


Untitled Document

Escrita Livre © Todos os direitos reservados.